Se um dia

Se um dia por acaso
Eu deixar de te amar
As flores do meu jardim
decidirem não brotar
As estrelas, no azul do céu
Se esquecerem de brilhar
Estarei morto, pode me enterrar

Se um dia, por algum motivo
eu resolver te esquecer
e se meu jardim não florescer
e se as estrelas do céu
acabarem por se esconder
Enterre-me, não mereço mais viver

Se um dia, de repente
eu resolver sumir
se a rosa do meu jardim não se abrir
e o céu, apagado de esperança
com suas estrelas a cair
não se esqueça de me enterrar
Pois nesse dia eu morri.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s