Poema da fuga

Chega, vou fugir
Não me importo com marasmo
E nem ter pra onde ir

Cansei, não sou mais tão moço
Vou calçar minha havaianas
E beber água de coco

É chegada a hora,
não quero despedida
Só quero ser feliz
E tocar a minha vida

Nada mais me incomoda
Vou buscar meu lugar ao sol
Dessa vida só quero paz
E uma lata de Skol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s