O único de alguém


Sei que são tempos difíceis
E que o mundo vive um terror
Mas ainda tenho esperança
Vai cessar a minha dor
Como nos filmes antigos,
não serei mais sofredor
Quero o meu “gran finale”
E viver um grande amor

Se todo samba há de ser triste
Eu que não vou vacilar
Já vivi desiludido
Até me apaixonar
Tudo que começa tem fim
Pois a minha tristeza também
Hoje eu durmo mais tranqüilo
Por ser amado por alguém

Lábios macios e olhar inocente
Já não sei mais viver sem
Eu seria tão vazio
Se não gostasse de ninguém
E não é nenhum egoísmo
Ser o único de alguém
Por isso, meu amor
Que me faça muito feliz
Diga que sou seu homem
E que me ama também.

Isso eu fiz pensando que poderia ser um samba… como se eu soubesse fazer samba…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s