Saudade


Quando você vem de repente
o céu ensolarado escurece
o dia fica mais triste
o silêncio me ensurdece

O pulso perde sua força
Num coração sufocante
Desejo fugir dessa vida
Numa dor agonizante

Você machuca e inspira
Como a solidão na cidade
Cada vez que me visita
Duvido da minha verdade

A Deus rogo perdão
Que me poupe dessa maldade
É o mais pungente sentimento
Você se chama saudade.

“A melhor medicina contra a saudade é a falta de memória.”
(Carlos Drummond de Andrade)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s