O sonho ainda não acabou

Ninguém vai roubar minha mocidade
Com toda essa hipocrisia
assombrando minha cidade
Minha juventude não está a venda
Nessa guerra de vaidade

Não vou entregar o jogo
Essa partida não acabou
Meus olhos brilham atentos
Olha que o galo cantou

Diante da podridão
Jamais vou me curvar
Pois mesmo na escuridão
Sou capaz de enxergar

Vem comigo nessa luta
Vem que o dia raiou
Quem sabe alguém me escuta
O sonho ainda não acabou.

*Ilustrado por “The Dance of Youth, Pablo Picasso”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s