Frustração


Há alguns dias me perguntaram por que estou tão saudosista. Aquela saudade da infância. Quando eu era, de fato, mais feliz. Menos medo das surpresas da vida, tinha perto de mim meu super-herói, super humano e com poderes especiais que só eu e meu irmão conhecíamos.

Numa quarta-feira do ano passado meu herói buscou vôos mais altos. E ficou por lá. O sofrimento na Terra era grande pra ele. Agora só me protege de longe. E é essa distância que tem me deixado tão saudosista. Porque agora que minhas conquistas estão mais visíveis, ele não está aqui para dividirmos essa alegria.

E é tão angustiante quando a palavra saudade está associada a uma pessoa que não vai voltar. Pelo menos não nesta vida. Será que haverá reencontro?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s