Os homens

Há quem se divirta
com a dor do outro
há quem diga
que viver é pouco

há quem transforme
palavras de acalanto
em tristeza e pranto
talento promissor
em vida breve
levando a vida com rancor
até que ela enfim se leve…

há quem julgue os outros
e condena seus desejos e planos
por sua religião ou até a etnia
mesmo se eu falasse a língua de todos
dos homens, até de Deus e seus anjos
sem amor, não há poesia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s