Pequena lição de vida


Quando era muito, eu não sabia. Porque até com pouco, eu sempre sorria.
Eu canto a tristeza parodiando a alegria. Contemplando a beleza da melancolia.
Se para cada lágrima sentida, houvesse um abraço;
E cada batalha vencida, uma viagem ao espaço;
Se cada tropeço não fosse, de fato, um fracasso…

Entender que alguns problemas simplesmente acontecem.
E não é num piscar de olhos que eles desaparecem.
Que ficar triste, muitas vezes faz parte…
A vida é mesmo, como dizem, uma arte.
Se eu escolher as palavras, acordes, as cores,
Em harmonia com o que acredito, meus valores…

Aprender de vez: satisfação é coisa passageira!
Coragem sem egoísmo, abrir mão sem ser passivo…
E sempre que não houver outra maneira:
Virar a página, mas não fechar o livro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s