Janelas

os beijos solares
cada dia mais letais
a dança dos mares
já virou um carnaval
a lua já desconfia
se essa noite fria
esse pranto derradeiro
quando passar fevereiro
a quarta de cinzas é o final

às vezes eu já me pergunto
se o inferno não é mesmo aqui
hoje a gente bate palma, samba e ri
amanhã não se sabe eu me pergunto
ainda haverá janelas para se abrir?

Reconhecimento
Recebi dois selos ultimamente, que ainda não tinha postado aqui:

Da própria Mariana – Minha terapeuta está de férias

Da Amanda – Pitada de Sal

Obrigado pelo reconhecimento. A regra é repassar, porém estou com preguiça. Então, quem está na lista à esquerda é sempre merecedor de pegar um deles e postar quando não tiver assunto.
Até.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Janelas

  1. Sentimento vazioem busca da compreensãodo mundo perdidoque precisou de explicaçãoum poema baratonum comentário esquisitovocê há de entendere não rimou o final…Rá!

  2. Sim, eu acho que o inferno é aqui.Aqui dentro da nossa cabeça…Se há janelas a serem abertas, o inferno sai, ou se permite que ele entre e traga seus amigos…Se é pra infernizar, que seja em mares bailantes, em carnavais que terminam na quarta feira mas continuam na memória, e avance pelos marços, abrils, maios e muito mais.E que as palmas mantenham janelas abertas. Porque nem o inferno aguenta ficar tanto tempo dentro de casa.Aliás, desenhos campeões… Continue com eles.

  3. As janelas a serem abertas estão em nossas mentes!!ah, o inferno não é aqui não.Se tal fosse, estariamos mortos e perdidos, pois não tivemos o privilégio de ver o céu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s