Fumante compulsivo

Vive tentando fugir
Mais procura onde ir
Menos vai encontrar

E ainda tem que sorrir
Pra quem só está ali
Pra lhe fazer chorar

Não se engane, rapaz
Você nunca será o topo
da cadeia alimentar

O mundo é agressivo
somos todos animais
já não há mais alegria
de passados carnavais

Ele pensa em suicídio
em decúbitos dorsais
seu talento em desperdício
em romances casuais

um fumante compulsivo
verdadeiros temporais
seus amigos eram vinte
hoje não sabe mais…

fracassado inexpressivo
derradeiros carnavais
um dia encontra motivo
e vai tragar a sua paz

Anúncios

Um pensamento sobre “Fumante compulsivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s