Sorte ou revés

Contando meus passos

não vejo meus pés

Que vida, que noite escura

 

O destino brincando

de sorte ou revés

tão cheio, tanta cara dura

 

Vem, traz o peito aberto

Vem, que eu te quero perto

Sem você é sempre noite fria

 

Vem, atravessei um deserto

Vem, esquece errado e certo

Sinto falta do sol do meio dia…

 

No desespero, recorri ao astro-rei

Contei tudo, cada marca que deixei

Aos poucos, alguém vem se aproximando

Não era ele, pois a noite vem chegando

Era ela, minha bela, dizendo:

Amor, voltei.

Anúncios

Um pensamento sobre “Sorte ou revés

  1. Que lindo esse Marco, mas me assusta saber que toda vez que escrevo algo parece que te plagio, depois ve meu texto lá com a Andrezza, ou espera ela publicar. O tema é o mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s