o ser sozinho

 

lonely__by_siGh89

a espada da justiça demonstra
lâmina cega que bate e não arranha
o escudo denso e covarde da omissão

veja a árvore que sombreia
braços incastos do ser sozinho
é a mesma que promete e desaparece
sobre um vazio transcendendo a solidão

pra onde vai, de onde veio
pra onde foi o sincero sorriso
da impura juventude que se foi

a chuva cai, o fim e o meio
diz como doi o que justifica
a candura que deixam pra depois

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “o ser sozinho

  1. A vida é assim, nos surpreende a cada. Fatos que não esperamos, chegam e fazem um confusão com todos os nossos sentimentos.
    Esperar justiça…será que ela um dia chegará? Se chegar, adiantará de que?
    Fatos, marcos, tragédias…essa é a brincadeira que todos os dias passamos: viver.
    Adorei seu poema, Marco!
    Você sabe já do seu talento. Que ele seja importante pra você! Que você enxergue seu valor como escritor!
    Bjão e parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s