Feito pedra

numa gaiola eu quis prender
o tempo e manter
a saudade boa que eu senti
mas tudo que ouço agora
nada mais deixa feliz
deixei aberto o pensamento
e voar o tempo que perdi
antes de secar a gota
que na roupa cai aqui
não é chuva, o céu clareia
a janela que o vidro bate
sem ter medo de partir
feito pedra do que do mar
apanha sem ter como fugir
eu espero aqui parado até
que prato falte para cuspir
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s