Gosto

Eu gosto que você não ligue que eu fume
Eu gosto não ter datas especiais
Gostei quando você me ligou à tarde
O dia tinha começado tão ruim

Eu gosto que você não erre meu nome
Quando você ri de coisas minhas tão banais
Eu gosto do seu medo de compromisso
Talvez eu tenha medo de me apaixonar

Mas se o seu dedo der um nó com o meu
Não se preocupe se a cabeça der também
Quando a sua mão se juntar à minha
Não precisa pensar em mais nada.

Eu gosto quando você me esquece e some
E volta cheia de absurdos pra contar
Me pego rindo de algumas fotos nossas
E penso às vezes no meu medo de gostar

Eu gosto do som que sai do seu nome
Mais ainda dos desencontros casuais
Eu gosto de não me preocupar com isso
Só desculpe por eu não saber mentir…

Anúncios

Um pensamento sobre “Gosto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s